ULTIMAS NOTICIAS

quarta-feira, 1 de junho de 2022

Cemitério clandestino em Jacaraú é encontrado durante operação Cérbero

 


A operação Cérbero, realizada nesta quarta-feira (1º), em vários pontos da Paraíba, encontrou um cemitério clandestino em Jacaraú. Até o momento, foram encontrados três cadáveres que, de acordo com o delegado de Polícia Civil Walter Brandão, podem ser de pessoas desaparecidas na região entre janeiro e fevereiro de 2022.

Os cadáveres encontrados foram encaminhados para o Instituto de Polícia Científica (IPC), onde devem passar por exames de DNA. As investigações chegaram ao cemitério clandestino em Jacaraú por causa do grande número de desaparecimentos na região.

“Essa operação é proveniente de investigações que visam combater organizações criminosas ramificadas no estado. As investigações começaram em outubro de 2021, por meio de serviços de inteligência policial e também através do Disk Denúncia. Com base na produção de provas testemunhais e de interrogatórios, fizemos um levantamento dos locais onde ocorreram os mandatos e um destes locais onde há restos mortais. Outras equipes estão em campo e provavelmente outros locais como este devem ser localizados”, disse o delegado.

Na operação que foi feita pelas polícias Civil e Militar, foram cumpridos pela operação 43 mandados de prisão e de busca e apreensão, contra integrantes de dois grupos criminosos suspeitos de tráfico de drogas, homicídio, ocultação de cadáver, roubo, furto e receptação. Com os suspeitos, foram encontrados, 5 kg de cocaína, 26 armas de fogo e 13 veículos roubados.

Essas organizações, segundo as investigações, eram lideradas em João Pessoa, com ramificações na Região Metropolitana da capital, Brejo e Vale do Mamanguape. Do total de suspeitos com mandados de prisão, 20 já estavam presos e 23 foram encontrados nesta quarta-feira (1º).

 

Tortura de mulheres

 

O delegado Walter Brandão afirmou que os suspeitos de integrar esses grupos criminosos, alvos da operação Cérbero, torturavam mulheres que se envolviam com eles. As torturas aconteciam com tiros nas mãos das vítimas, sempre que elas desagradavam os suspeitos, em datas comemorativas, como o 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

“Verificamos muitas jovens que se envolviam com os criminosos e quando contrariavam seus interesses sofriam torturas. Escolhiam datas comemorativas, de forma que, no dia 8 de março, uma dessas jovens sofreu uma tortura dessas”.

 

  • Jornal da Paraíba

SOBRE ""

Principais notícias da Cidade de Pilões-PB e região.

Postar um comentário

Twitter: http://twitter.com/SeligaPiloesPB
Facebook: http://www.facebook.com/piloespb
https://www.facebook.com/ivenildo.sales
FanPage: http://www.facebook.com/PiloesParaiba
E-Mail: josegaldino@hotmail.com.br, piloespb@hotmail.com.br e ivenildo@gmail.com
Skype: josegaldino.sp
https://www.facebook.com/groups/763644283763368/
https://www.facebook.com/groups/763644283763368/?ref=bookmarks
https://www.facebook.com/portalseligapiloes/?ref=bookmarks

 
Copyright © 2018 Portal Se Liga Pilões-PB
|